Últimos posts





Pesquisa



Publicidade



Olá meninas. Olha quem apareceu novamente? Sim, eu mesma. Essa semana eu fiquei muito na dúvida em qual livro indicaria a vocês, e como estou na reta final do meu curso, acabei ficando sem tempo para ler algum livro. Mas fiquem calmas que vou me dedicar fielmente na leitura e escrever minhas resenhas e opiniões para vocês, ok? Ótimo. Então vamos lá!

Sinopse: “Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Ainda assim, nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra. Wrath é o vampiro de raça mais pura dentre os que povoam a terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e destino, não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita todas as noites envolta em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos.”
Eu vou dizer que esse livro foi o que mais demorei a ler, não só por possuir muitas páginas, mas sim por conta de ter muito suspense em algumas partes, e esse suspense nunca chegava ao final. Eu ficava muito frustrada. Eu pegava outros livros para ler e deixava esse de lado... Mas, eu me arrependi por ter feito isso. Quando resolvi realmente terminar o livro, foi um tapa na minha cara gorda. A história é realmente fantástica. Eu gostei tanto dos membros da Irmandade, pois cada um tem a sua característica, história de vida, o real motivo por serem agressivos (nem sempre agressivos tá meninas), sua cultura (ahhh, a cultura é tudo!), enfim, no modo geral, é um livro diferente do que já li.
Wrath é um vampiro que, em minha opinião, tem o real merecimento em ser líder. Não só por ser de uma família de puro sangue e bla blá. Não. Wrath tem dentro de si a misericórdia do perdão e amor à humanidade, mesmo do seu jeito sério e sem emoções, em seu coração consegue-se brotar o amor... Por Beth. Filha do seu amigo e irmão de Irmandade.
O que mais me chamou a atenção desse livro foi mesmo a cultura deles. Sobre casamento, beber sangue, como se torna um membro da Irmandade, como eles se chamam e chamam as suas esposas... De verdade, vocês irão gostar.
Um aviso: a linguagem é meia antiga quando é a narração de um dos irmãos. Para aqueles que não gostam muito, vale a pena deixar o gosto da linguagem de lado e encarar o livro. Eu não sei como estará no livro físico, já que li pelo aplicativo do celular, que foi traduzido por uma brasileira a muito tempo.

Espero que vocês gostem.

Deixem seus comentários e sugestões, ficarei feliz.
Um mega beijo.
Até a próxima.

COMENTÁRIOS
COMPARTILHE O POST!

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!