Últimos posts





Pesquisa



Publicidade



Olá meninas! Desculpe de verdade pelo pequeno sumiço aqui no blog. Acontece que eu viajei semana retrasada para Campinas (primeira viagem sozinha, wow) e estive muito ocupada com Autoescola e tudo mais. Minhas férias acabaram, mas eu darei meus esforços para estar sempre presente na coluna sobre literatura, tudo bem lindas?
Primeiramente queria dizer que quando você escolhe um livro, jamais julgue pela capa. Já fui pega tantas vezes nessa “pegadinha” de observar a capa e não o conteúdo. E o livro que vou falar hoje se chama “Métrica” de Colleen Hoover e sou apaixonada por esse livro. Julguei de início que pela capa seria uma história quase nada haver, pensava assim “Porque uma chave?”, “Como assim Métrica?”, “Será que tem fita métrica no meio?”. E foram esses os fatores que me deram a curiosidade em querer ler e me feito amar esse livro de paixão.
Sinopse: “Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.”

Tentei-me por no lugar de Layken enquanto lia a história. Tantos sobressaltos que ela teve a que passar. Entrar numa escola nova, sem amigos, sofrendo e ao mesmo tempo sendo a rocha da família, se apaixonar por um cara na qual não pode ficar junto... Eu particularmente não aguentaria. E no decorrer da história ela se mostrou uma menina forte e capacitável em colocar tudo dentro de uma caixa e encarar a vida.
Não foi só ela quem me surpreendeu, mas também o vizinho Will, que a ajuda a enfrentar certos obstáculos e mágoas. Ele entende o que a jovem está passando, e mesmo não sendo possível que os dois fiquem juntos, Will mostra ser realmente apaixonado por ela também.
É um livro que arranca suspiros, lágrimas e ainda fica com um gostinho de quero mais. Recomendo pelo enfoque que tem gradualmente nos problemas que um jovem pode enfrentar e num amor respeitoso.
Gostaram meninas? Corram e leiam! Até a próxima.

COMENTÁRIOS
COMPARTILHE O POST!

Comente pelo Facebook!

2 Comentários

  1. Legal sua resenha. Comprei esse livro no começo do ano passado e até hoje não li, acredita? Vou ler assim que puder. Me identifico muito com a protagonista, passei por algumas das situações que ela passou também: a perda do pai, a mudança de casa, tive que ser a "forte" da família, etc... ótimo post! Bjão <3

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda, tudo bem com você? Primeiramente fico feliz em saber que gostou da minha resenha e adorei o comentário. Eu também tirei em base alguns momentos que Layken passou, foram meio que pecinhas de quebra-cabeça que eu e ela tivemos iguais. Isso é um dos fortes desse livro. E recomendo que leia sim ele. É uma história muito boa, dá até arrepios em lembrar, pois foi um dos livros que mais gostei de ler. Você já se identificou com ela, imagina lendo a sua história?
      Quando terminar, quero saber da sua opinião!
      Beijões linda!

      by: Amanda Filassi

      Excluir